Frequência Cardíaca X Potência, qual o ideal para você?

Frequência Cardíaca X Potência, qual o ideal para você?

Muitos ciclistas estão buscando os próximos passos para evoluir a performance, entretanto, como saber qual a maneira ideal para você medir seus treinos se é medidor de frequência cardíaca ou potência.

Veja também:

Antes de tudo, vale sempre lembrar que o melhor é consultar um especialista para entender o que funciona melhor para você.

Vamos lá, primeiramente, vamos contar um pouco sobre as vantagens e desvantagens de cada um dos métodos.

Medidor de frequência cardiaca.

Esse é o primeiro equipamento que você deve buscar para começar a monitorar seus treinos de maneira mais séria para elevar seu nível de pedal.

Benefícios:
  • Valor mais acessível
  • Medição de intensidade dos treinos
  • Medir frequência máxima
  • Medir zonas de treinamento

Medidor de potência

Antes de tudo, você precisa saber o que é o teste FTP.

Uma das ferramentas mais utilizadas atualmente por ciclistas como parâmetro para determinar as zonas de intensidade nos treinos de bike é o FTP. A sigla se refere ao limiar funcional de potência (do inglês functional threshold power), índice que pode ser aferido com o auxílio de um medidor de potência instalado na bicicleta e que corresponde ao esforço máximo que se consegue sustentar no pedal durante 20 minutos à 1 hora. Com base nesse cálculo, é possível trabalhar com mais precisão as variáveis que compõem a base para a evolução do desempenho.

https://bikeaospedacos.com.br/2018/10/16/o-que-e-teste-de-ftp/#:~:text=A%20sigla%20se%20refere%20ao,no%20pedal%20durante%201%20hora.

Ou seja, é uma maneira mais precisa de medir seus treinos e encontrar suas zonas de frequência.

Benefícios
  • Maior precisão de medição
  • Melhor medir os intervalos curtos
  • Mensuração do FTP
  • Mensuração de variação de zonas do FTP

Por fim, nosso parceiro Erick Bruske fez um video contando no detalhe a diferença entre Frequência cardíaca ou potência. Confira: