Como escolher os Pneus para sua MTB

Como escolher os Pneus para sua MTB

Ouvir a opinião dos mais experientes pode ser muito bom na hora de escolher os melhores ‘’sapatos’’ para sua Mountain Bike, porém é ainda melhor você saber o que deve ser levado em consideração na escolha para chegar na opção ideal.

Veja também:

Em parceria com o canal do Érick Bruske (Bruske01) desenvolvemos um tutorial completo para te auxiliar em uma escolha de pneus para sua MTB: A largura, os cravos e principalmente os materiais, são itens que devem ser observados na hora de analisar qual o melhor pneu para você e o que você faz. 

Largura

A informação da largura se encontra, geralmente, ao lado do nome do pneu. Ela varia entre 1.8 a 2.6. A largura do pneu influencia diretamente no tipo de rolagem e atrito que você vai ter com o pneu. Analisando os dois extremos de largura: pneus de road(estrada) como mais estreitos e pneus de Downhill como mais largos. 

Essas duas referências podem te auxiliar na escolha de um pneu com mais ou menos rolagem, por exemplo. 

Considerando o tipo de terreno que você pedala (estradão ou trilha) e qual seu objetivo (conforto e/ou performance) um pneu mais fino, irá proporcionar maior rolagem, o que é mais benéfico para a primeira opção de terreno e um pneu mais largo pode oferecer maior segurança e estabilidade na pilotagem por trilhas. 

Cravos

Os cravos são um dos itens mais importantes e detalhistas a serem analisados. Eles possuem variáveis em tamanhos e desenhos, e podem ser os determinantes para te ajudar a escolher, por exemplo, um pneu que seja versátil, servindo tanto para estradão quanto para trilha. 

Os pneus com cravos mais baixos oferecem baixa aderência, sendo mais indicados para estradão.

Já os pneus com cravos mais altos, são os que tem uma boa tração, uma vez que os cravos grandes tem maior atrito com o solo e tentam penetrar nele, melhorando a estabilidade, mas também, reduzindo a velocidade. Contudo, o ideal é balancear essas informações para chegar mais próximo ao seu objetivo.

Material

E por fim, o material é o que vai influenciar diretamente no peso do pneu. Não só pelos componentes do material, mas também se o pneu vai aceitar tubeless (o líquido selante) ou apenas câmara de ar. Os pneus de Kevlar, são aqueles ‘’dobráveis’’, que aceitam o tubeless, e por consequência disso, ficam mais leves e reduzem as chances de furo. Já os pneus com arame nas bordas, aceitam apenas câmaras de ar, ficando mais pesados. 

Se você quer aprofundar mais no assunto, ver exemplos e a opinião de um Atleta Profissional e com vasta experiência no MTB, clica aqui nesse link: