5 dicas de especialista para comprar uma bicicleta usada

5 dicas de especialista para comprar uma bicicleta usada

Bikes usadas requerem atenção quanto à origem do produto, preço e ao estado dos principais componentes.

Primeiramente, você deve ter visto no dia de hoje algumas pessoas pedalando ? Certamente a maioria estava usando uma Bicicleta usada! Hoje em dia a bicicleta não é apenas utilizada para lazer aos finais de semana. Bicicleta é meio de transporte, esporte de alto rendimento e definitivamente, pedalar uma magrela traz inúmeros benefícios para o corpo e a mente, além de ajudar a cuidar do meio ambiente. Em meio ao crescimento de vendas no Brasil, o mercado de bicicletas usadas acelera a uma velocidade ainda maior. De acordo com registros da Semexe, principal marketplace especializado em ciclismo no País, a venda de bicicletas seminovas apresentou 198% de aumento nos últimos 12 meses.

De acordo com Sieliton Souza de Hungria, atleta profissional e consultor da plataforma, esse movimento pode ser explicado pelo melhor custo-benefício, conscientização da economia circular, facilidade ao acesso de itens com grande qualidade e variedade de opções, assim como dificuldade de importação de insumos para fabricação de novos modelos. 

Veja também:

Neste mercado aquecido, contudo, os ciclistas precisam ficar atentos para evitar os erros mais comuns no momento de adquirir uma bicicleta nova. A seguir, listamos os cinco principais fatores:

1.Motivação do uso da bicicleta

Quando se pensa em um automóvel, o cliente busca os atributos mais importantes em relação ao seu uso, como espaço interno, tamanho do porta-malas, motor, transmissão e o segmento. Com a bicicleta é a mesma situação. Caso a pessoa tenha o hábito de se deslocar pela cidade, a Bike Urbana é a melhor opção. Contudo, se a finalidade for se aventurar em trilhas, montanhas, a opção ideal seria uma Mountain Bikes (MTB), já para quem gosta da adrenalina das altas velocidades e quer pedalar em Rodovias ou Ciclovias buscando treinos e  alta-performance, a bike ideal será uma Road Bike (Speed / Estrada). Por fim, se o dia a dia contém muitas vias íngremes e você não quer correr o risco de chegar “suado” em seu destino final, possivelmente uma bicicleta elétrica trará o conforto necessário. Logo, pense em qual a finalidade, pois, haverá uma bicicleta ideal.

2.Procedência

Infelizmente ainda temos um grande número de furtos e roubos de bicicleta no Brasil. Verifique o número de série da bike, nota fiscal e se certifique de que não é oriunda de maneira ilícita. O modo mais fácil é contar com ajuda de especialistas e sempre comprar em locais que garantam essas informações de modo claro, rápido e eficaz. Por exemplo, aqui na Semexe só comercializamos produtos mediante um rígido protocolo de origem e, após envio dos dados, é realizada a checagem com parceiros de mercado antes de disponibilizar ao público em geral.

3.Câmbio e rodas / pneus

Atente-se à qualidade dos componentes dos câmbios dianteiro e traseiro, aos ruídos emitidos e a quantidade de relações. Segundo Hungria, esse item pode dar muita manutenção no decorrer do uso se não houver verificação anterior. Se possível, passe por todas as marchas em um teste de pedal e fique atento caso ouça barulhos inconvenientes. Uma outra alternativa é solicitar que o vendedor encaminhe um vídeo relativo a esse pedido. A regulagem eficiente das marchas é fundamental para não ter surpresas ruins no seu pedal.

Em relação aos pneus, confira se não apresentam rachaduras e ressecamentos. Já sobre as rodas, verifique se não esteja trincadas, amassadas ou passaram por alguma modificação. Caso a qualidade não seja muito boa, possivelmente o cliente terá gastos no curto prazo no momento de fazer a substituição. Fique atento para o barato de agora não sair caro depois! Rodas e pneus de bicicletas usadas podem estar em gastos.

4.Suspensão e quadro

O quadro é o coração da bicicleta. Por isso, certifique-se que o tamanho é adequado e confortável ao seu corpo e verifique, assim como nos itens anteriores, se não há avarias em pontos-chave, como tubo da caixa de direção ou na parte central. Qualquer rachadura ou, ao deslizar o dedo e perceber imperfeições, você deve pedir mais informações ao vendedor sobre o fato e/ou cair fora. Já o modelo de suspensão é fácil de estourar, caso o componente seja de baixa qualidade. Lembramos que é muito importante a realização de um bike fit para confirmar se o tamanho da bike e seus componentes são ideais para você. 

E lembrando que na Semexe você encontra serviços de Pré-fit e Bike Fit.

5.Preço ideal da bicicleta usada

Até os últimos anos, era bem comum o mercado apresentar variações com relação ao preço de bicicletas. Neste ano, o GPS –  Guia de Preço Semexe, sendo uma ‘Tabela Fipe’ de bikes do Brasil, foi lançado de modo a padronizar o preço justo do modal no País. Ele é baseado na coleta de dados de centenas de marcas, além de milhares de modelos, e lista o preço da bicicleta e avalia o estado de conservação. Com isso, o comprador pode analisar o valor da oferta e o do mercado. Desde setembro, o ‘Portal Mobilidade’, do Estadão, oferece esse serviço de comparação gratuitamente ao leitor. Basta clicar no link e conferir.

Você ainda tem dúvidas de como comprar a sua próxima bicicleta usada? Conte com os nossos especialistas para te ajudar!