Como São Paulo se tornou um dos palcos de desenvolvimento do ciclismo no Brasil

Como São Paulo se tornou um dos palcos de desenvolvimento do ciclismo no Brasil

Empresas e entidades têm criado soluções inovadoras  para melhorar a experiência de ciclistas no dia a dia

Aumento nas vendas de bicicletas, investimento privado, soluções inovadoras e extensão da malha viária. Nos últimos anos e, principalmente de 2020 para cá, São Paulo tem sido um polo de desenvolvimento do ciclismo e da inclusão do modal no dia a dia dos paulistas, seja visando à prática esportiva ou como meio de transporte. De acordo com a pesquisadora Glaucia Pereira, do IPMMU (Instituto de Pesquisa Multiplicidade Mobilidade Urbana), a cidade de São Paulo possui 1,6 milhão de bikes.

Tendo em vista os índices positivos e a ascensão mundial do modal, São Paulo emerge como destaque aos apaixonados pelas duas rodas. Por conta disso, listamos três grandes áreas que fizeram com que o Estado se tornasse um grande centro de inovação no Brasil.

Terreno de grandes ideias e soluções

São Paulo tem se mostrado um terreno fértil para novidades em relação ao ciclismo. Na capital, por exemplo, os sistemas de compartilhamento de bicicleta, como o Tembici, se tornaram referência no País, pois unem praticidade e incentivam hábitos de mobilidade com meios de transporte não-poluentes. Àqueles que também optam por economia circular, os que prezam pelo custo-benefício e os que procuram itens de qualidade, atendimento personalizado e qualificado, uma nova solução também chama atenção do público.

Pelotão da Semexe na Estrada dos Romeiros – SP

Fundada em 2019 por dois amigos de infância, a Semexe se tornou o principal marketplace dos fãs de ciclismo. Com mais de 5 mil modelos disponíveis, introduziu um time de especialistas para sanar as dúvidas dos clientes e oferecer o melhor produto dado às necessidades de cada biker. Além disso, criou o Guia de Preço Semexe, a primeira ‘Tabela Fipe’ de bicicletas do Brasil, solucionando a dúvida de um a cada dois clientes da marca. Definitivamente, a Semexe é uma empresa que desenvolve soluções inovadoras para o paulistano e para o Brasileiro.

Outras startups de destaque são Bike123, que criou o serviço de ‘montagem, desmontagem e embalagem’ de bicicletas a domicílio, e a Bike Hero, com o sistema de certificação de segurança.

Investimento privado

Em maio de 2021, o Santander anunciou um projeto de incentivo ao ciclismo e soluções financeiras aos praticantes. O garoto-propaganda foi Henrique Avancini, detentor de todos os recordes e principais títulos do MTB brasileiro. Meses antes, o governo de São Paulo havia entregado a revitalização da ciclofaixa da Marginal Pinheiros, que contou com investimento do banco e vários serviços disponíveis aos usuários.  

O Itaú também investe em mobilidade há um longo período. Na capital, é bem provável que os paulistanos já tenham visto alguma bike laranja pelas ruas. E saindo da área financeira, a empresa de tecnologia Uber se tornou patrocinadora da Ciclofaixa de Lazer, que banca a operação de 117 km e os serviços de manutenção e segurança a todos os usuários.

Ciclovias e ciclofaixas

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a cidade de São Paulo tem 634,5 km de ciclovias ou ciclofaixas, além de 31,6 km de ciclorrotas. Entre 2019 e 2020, foram construídas 139 km de novas ciclofaixa e ciclovias, enquanto até 2028, a promessa da prefeitura é de entregar aos cidadãos 1.420 km ao todo.

O crescimento de expansão vai ao encontro com uma pesquisa exclusiva elaborada pela Semexe, em 2020, sobre os hábitos dos praticantes de atividades esportivas durante a pandemia. Por exemplo, após seis meses das medidas mais restritivas, 72% dos entrevistados afirmaram que pretendiam incorporar mais vezes a bicicleta como atividade de lazer na sua rotina.

Por fim, de acordo com a Aliança Bike, a cidade de São Paulo teve aumento de 66% nas vendas de bicicletas no ano de 2020 em comparação com 2019. Ou seja, os pilares de desenvolvimento e investimento têm impulsionado a aceleração do modal.

Que tal uma solução inovadora para você se deslocar na cidade? Uma bicicleta elétrica pode ser o modelo ideal para você fugir do trânsito caótico de São Paulo.

Veja também: 

Por último, você está buscando uma MTB para arrepiar nas trilhas? Que tal o  mesmo modelo da bike do Brasileiro Henrique Avancini que ficou em 1° na prova do XCC na Copa do Mundo de MTB, etapa da Suíça? Uma Cannondale Scalpel Si Hi-Mod. 

Conheça mais sobre a SemexeSob os conceitos de consumo inteligente e economia colaborativa, a Semexe facilita a compra e venda de produtos de ciclismo online. A empresa é um marketplace e garante a segurança na negociação entre seus clientes, por meio do Programa BSS (Bike Segura Semexe), uma metodologia pensada para gerenciar a jornada de compra e garantir qualidade e procedência dos produtos.

Além disso, a plataforma conta com consultores especializados para sanar todas as dúvidas e dar dicas aos clientes, e gera experiências únicas aos usuários, por meio de serviços personalizados e conteúdos gratuitos disponíveis em seu blog. Bicicleta é uma solução inovadora !